Filhotes

Veja dicas para seu filhotinho não chorar e dormir bem à noite

Um novo filhotinho em casa é sempre uma alegria. Quer dizer… Até ele começar a chorar muito todas as noites. São muitos os motivos que levam o pet a chorar na hora em que deveria dormir. O primeiro de todos — e claro, o mais óbvio — é que estamos falando de um bebê… E todo bebê chora. Lembre- se que ele até pouquíssimo tempo vivia no aconchego da mãe, no meio de uma ninhada, e após a separação, deve sentir muita falta disso tudo.

A veterinária Drª Dianna  explica e dá algumas dicas sobre como acalmar o seu novo bebezinho.
— O tempo correto para tirar um filhotinho da perto da mamãe é após o mínimo de 35 dias. Ele tem que ser separado da mãe e parar de mamar e aí ser  vacinado, porque as vacinas não fazem efeito durante a amamentação. Mas o convívio com os irmãos deve ser  mantido, e isso é muito importante, pois é nesse convívio que eles vão aprender a brincar, a se limitarem [respeitarem] entre si, e principalmente, a dormir sem a mãe. De acordo com a especialista, os impactos das separações devem ser feitos, portanto, em etapas. Primeiro o bebê se afasta da mãe, depois dos irmãos. Mais tarde é que ele pode ficar sozinho, mas em um ambiente quentinho, para ele não sentir tanto a falta de seus antigos companheiros.   Se o filhote tiver sido separado da mãe e da ninhada antes do tempo, a choradeira do bebezinho tem tudo para durar um tanto mais.  continua:

— Principalmente em cães que vêm de feirinhas de filhotes, você não sabe o que aconteceu, quantos dias eles realmente têm. Seu cuidado com esse filhote tem que ser maior. Organize um ambiente quentinho, uma caminha, um reloginho daqueles que ficam fazendo “tic,tic,tic…”, que é pra ele sentir como se fosse o coraçãozinho da mãe. [Só aí deixe ele sozinho para dormir].

Uma coisa perigosa e que não se deve fazer quando se adota um filhotinho chorão é deixá-lo associar seu choro à nossa aparição perto dele.

— Se toda vez que ele chorar alguém aparecer, esse choro de alguma forma está sendo recompensado. Aí o filhote pensa assim: “é só eu chorar que vem alguém”. E se a pessoa deixar para aparecer a partir do momento em que o filhotinho começa a berrar, então, ele vai achar que o que funciona mesmo é já começar a chorar no “volume 2”. Tem que tomar cuidado com isso.

Um filhote deve dormir muito. Seu corpo precisa disso. Uma boa ideia para que ele sinta esse sono todo na hora certa é brincar bastante com ele para deixá-lo cansado. Ele vai dormir feliz depois de tanto agito. Quando ele perceber que depois de acordar, vai brincar, comer  e viver coisas boas, vai associar também a dormida a coisas boas. E atenção: não coloque o bichinho na sua cama se não quiser que ele faça isso depois. Se ele vai mesmo dormir na sua cama, tudo bem, mas colocá-lo na cama só por que chorou, é tudo o que ele precisa para criar um novo problema.
— Educar é você colocar as regras da sua casa para o cachorro que está chegando. Ele que tem que se adaptar à sua vida. Quanto mais regrado for o dono, mais obediente é o cachorro. Quanto mais coisas iguais ele fizer no dia a dia dele, mais rápido o cachorro vai entender. É estabelecer uma coisa de hábito mesmo.     E lembre-se: quando você permite que seu cão tenha determinado comportamento, na cabecinha dele está permitindo que ele tenha essa mesma atitude para sempre. Não existe “hoje sim” para um cãozinho. “Hoje sim” é “hoje e sempre”.

Boa sorte!